segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Mão de obra Armada

Atualmente temos asfaltos esburacados, e quando recém "refeitos", possuem uma durabilidade extremamente limitada. Já se perguntaram o motivo desses asfaltos tão ruins? Uma vez que pagamos impostos para ter o carro, para trafegar com o carro e ainda para deixá-los estacionado, não é de se estranhar a qualidade de nossas rodovias? Encontramos ainda alguns trechos pedagiados onde pagamos para termos um asfalto relativamente decente. Este vídeo é um dos muitos encontrados na internet onde mostram que as engenharias do batalhão do EXÉRCITO BRASILEIRO fazem bem o trabalho no Estados Unidos, por que não se fazer o mesmo aqui? 


Será porque nosso Exército se encontra atualmente sucateado? Será pelo ódio interminável que o PT tem do nosso exército? Seria ainda como estuda-se em Direito, onde um professor, com mestrado em direito internacional pela faculdade de Lisboa em Portugal, diz, que a ONU tem um projeto de acabar com a policia militar e as forças armadas do mundo todo para constituir um exército mundial - não, isso não é teoria da conspiração. Se colocássemos nosso Exército para se encarregar de nossos asfaltos, celebraríamos um contrato oneroso de serviço, uma vez que ambas as partes lucrariam, o povo com asfaltos decentes e as forças armadas com seu enriquecimento e moral diante de sua nação, e não lá fora onde ela só é contratada por ser mais barata. Mas e o Governo? Ah o Governo....este não teria alegrias, até por isso, está escanteado as forças armadas deixando o exército brasileiro sucateado cada vez mais.
Por: Fernando Schafer

Filie-se ao DNB - Sem Ordem não há progresso.

Solicite sua ficha fundador pelo e-mail: partidodireitanacional@gmail.com

Em breve no site: www.direitanacional.org
 

4 comentários:

  1. porque esta não é função do exercito. porque o exercito não pode ser chamado a toda hora porque a capacidade de realizar dos civis foi demolida pelo mesmo pessoal que agora está governando(?) o país. A qualidade do asfalto é ruim porque tem propinas, fundos de campanha, taxas de sucesso, caixa dois, engenheiros semi analfabetos, mão de obra desqualificada, falta de compromisso, ética torta, etc etc....será que o exercito ainda está disposto a resolver isso?

    ResponderExcluir
  2. É Antonio, meu foco foi: Por que os Estados Unidos contrata o nosso exército e o nosso Governo não? Outra coisa, no vídeo ele fala claramente: Não contrata porque nosso DESgoverno não teria lucros, não teria como passar propinas e tudo isso que você falou, realmente. O que quero é aumentar a importância do exército em nosso país, sua moral, e claro, há muitas áreas para se tratar citando as forças armadas, eu peguei apenas 1 foco. Caso queira colaborar com informações, até mesmo textos, ficamos gratos.

    ResponderExcluir
  3. O Governo Petista não tem interesse nenhum de colocar o Exército na rua, criaram a guarda nacional para evitar o exército" Quando há um movimento sem controle do Governo Estadual o exército é automaticamente convocado por haver vários batalhões espalhado pelo país com um custo muito mais baixo que a guarda e muito mais preparada para ação seja qual o tipo de confronto for, mas como não é do interesse do governo mostrar a capacidade de ação do exército ficão fazendo o joguinho da ajuda da Guarda |Nacional que nada mais é de uma tropa limitada com controle do PT".
    Por esse motivo que estão cortando os investimentos nas forças armadas para ficarem sem ação e sem função nesse País, só sabem mandar nossos soldados ajudar a ONU em outros Países, deixando nossa fronteiras desguarnecidas e gastando uma fortuna com policia pacificadora sem necessidade eu sou a favor do Exército na rua o País esta precisando de Ordem e Disciplina, só a presença das tropas já haverá outra conduta da população e dos marginais começarão perder espaço, com esse conjunto ficaria mais fácil para departamento de inteligência integrado da policia militar do exército e a civil uma ação muito mais rápida, em pouco espaço de tempo diminuiria sensivelmente a criminalidade em todo país, só restando judiciário ajustar a lei para nossa realidade.
    Temos que fortalecer essa ideia não temos mais espaços para orgulho ou diferença de polícia em nosso País devemos dar as mãos para um solução e não fazermos vista grossa para o problema "Gente acorda para realidade"

    ResponderExcluir
  4. O que tem se observado no Brasil nas últimas décadas é uma tendência progressiva de desvalorização das forças armadas com motivação da força política vigente que procuram desqualifica-las em razão de problemas históricos recentes vivenciados pela sociedade brasileira, uma clara manifestação de vingança despropositada para aqueles indivíduos que ocupam o poder da nação. Isso tem se manifestado através de redução orçamentária das forças armadas, exército, marinha e aeronáutica pelo amesquinhamento do salário pago a esses profissionais, com o intuito de desqualificar não só a instituição através da não preservação do seu potencial e materiais para sua manutenção como também a tentativa de desqualificar os profissionais que ocupam essas instituições na medida em que tem de “vender” pra sociedade que a contrapartida financeira decorrente desses espaços institucionais não sejam interessantes equiparados ao o que ocorre na sociedade como um todo. Essa realidade é extremamente preocupante, deveria ser motivo de debates bastante intensos, pois tem desdobramentos dos mais diversos, desde as relações internacionais como reflexos no contexto do desenvolvimento da história de uma nação internamente.

    ResponderExcluir